New here? Register. ×
×

144948_dep152fdg65 copy

Perfil

Em 2014, conquistou o terceiro mandato na Assembleia de Minas com 58.620 votos.
Inácio Franco ocupa funções de destaque na Assembleia de Minas, no biênio 2013-2014. Foi nomeado pela segunda vez Ouvidor Geral e participa de quatro comissões permanentes: vice-presidente da Comissão de Administração Pública, membro efetivo da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial e membro suplente das comissões de Meio Ambiente e de Transporte, Comunicação e Obras Públicas. Atualmente é líder do Bloco Avança Minas que reúne os partidos PV, PP, PTB, PDT, PSB, Pros, PMN, PSC, PTC, E PTN.

Em seu primeiro mandato, foi designado para o cargo de Ouvidor Geral da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, função ocupada no biênio 2007-2008. Foi líder do Bloco Parlamentar Social (BPS), que reuniu cinco partidos – PV, PSB, PSC, PPS e PSL, em 2009-2010. Desempenhou as funções de 2º Vice-Presidente da Assembleia Legislativa, em 2011-2012.

Inácio Franco é empresário e produtor rural. O parlamentar tem se notabilizado pelo trabalho em defesa dos produtores rurais e do crescimento e fortalecimento do agronegócio em Minas Gerais. É autor da emenda à Lei n° 18.365/2009 que destina metade dos recursos arrecadados com as multas ambientais para os produtores rurais que preservam o meio ambiente e fazem parte do programa Bolsa Verde. Também são de autoria do Deputado Estadual Inácio Franco as audiências públicas que mobilizaram os produtores rurais para tratar da precariedade da segurança no campo, dos impasses entre os produtores rurais do Centro-Oeste e os órgãos de fiscalização ambiental.

Inácio Franco é filho de Olímpio de Melo Franco e Belcholina Pacheco Franco. Nascido em 9 de abril de 1953, começou a ajudar seu pai nas tarefas da zona rural aos 8 anos de idade. Fundou, em 1980, a EMBRAURB – empresa que atua no setor de urbanização e asfalto, prestando relevantes serviços às prefeituras da região metropolitana de Belo Horizonte e do centro-oeste mineiro. Casado com Maria das Graças Amaral Franco, é pai de Simone, Letícia, Beatriz e Robert.

Foi presidente do Sindicato Rural Patronal e da Cooperativa dos Produtores Rurais de Pará de Minas, onde teve importante atuação. Atualmente é membro do SICEPOT – Sindicato da Indústria da Construção Pesada de Minas Gerais.

Eleito prefeito de Pará de Minas em 2000, iniciou uma gestão comprometida com a moralidade pública, a transparência administrativa e a melhoria da qualidade de vida da população, conciliando as atribuições de administrador público e privado. Empreendedor nato, dedica-se ainda ao agronegócio, notadamente às atividades de suinocultura e pecuária.

Primeiro prefeito reeleito da história de Pará de Minas, com aproximadamente 60% dos votos válidos, tomou posse em 2004, mantendo o compromisso de administrar Pará de Minas com responsabilidade fiscal e transparência, promovendo o desenvolvimento econômico e social do Município.

Seu trabalho foi marcado pela implantação da gestão responsável dos recursos públicos, a modernização da máquina administrativa, a profissionalização e valorização do serviço público municipal, além da execução de grandes obras e implantação do Orçamento Participativo.

Em reconhecimento ao conjunto de realizações à frente da Prefeitura de Pará de Minas e à administração fiscal responsável empreendida, conquistou notoriedade como gestor público, ao ser premiado pelo Conselho Federal de Contabilidade com o 1º lugar em Minas e o terceiro lugar no país entre os prefeitos que melhor aplicaram o dinheiro público. Este trabalho sério assegurou ao município diversos convênios com os governos estadual e federal, que viabilizaram importantes obras aguardadas há muitos anos pela população, entre as quais estão as construções do teatro municipal e do novo terminal rodoviário.

Reconhecido como hábil administrador, consolidou-se como liderança política regional. Como presidente do Cispará – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto do Rio Pará, empenhou-se em promover a união dos municípios signatários em favor da melhoria dos serviços prestados na área da saúde. Devido à credibilidade que conquistou junto à classe política, passou a ser considerado referência para prefeitos de municípios vizinhos, sendo destacado pela AMM – Associação Mineira dos Municípios.

Incentivado por lideranças regionais a ampliar sua atuação e contribuir também para o desenvolvimento de outros municípios, afastou-se da Prefeitura de Pará de Minas e candidatou-se a Deputado Estadual, sendo eleito pelo Partido Verde (PV) com 51.411 votos para o quadriênio 2007-2010. Nas eleições de 2010, ampliou a sua votação, sendo reeleito para o segundo mandato no Legislativo mineiro com 63.662 votos.